“Eu sou O caminho A verdade e A vida”

João 14:6 diz tudo…

Sim, culpemos a Deus..

Posted by Mikha´el em 12/05/2008

o argumento mais obvio e gratuito anti-cristão é ” Se Deus existe, porque é que ele permite que o mundo esteja como está?”

No entanto.. permitam-me.. Ninguém acusa o rato Mickey, pois não? porquê? dir-me-ão bem: porque o rato Mickey não existe!

portanto.. para podermos culpar Deus, aceitamos obrigatoriamente uma premissa: DEUS EXISTE!!!
Um ateu digno desse nome nunca vai acusar Deus pelo simples facto que para ele Deus não existe..

Bem.. vamos por partes.. o homem está inapelavelmente vocacionado para o pecado, certo?
isto é um facto.. a nossa natureza é o erro.. todos sabemos isto, creiamos em Deus ou não..

Portanto.. dando uma olhada aos Escritos que Deus nos deixou, vemos que Deus é perfeito (Deuteronómio 32:4) e que criou o homem à sua imagem e semelhança (Génesis 1:26).. Que o homem foi tentado (Génesis 3:1,5) e desobedeceu a Deus, deixando assim entrar o pecado na raça humana (Romanos 5:12)..
Vemos também que Deus já tentou uma vez aniquilar as pessoas “más” – através de um dilúvio – (Génesis 6:7), e prometeu não mais o voltar a fazer, criando o arco-iris como simbolo desse pacto (Génesis 9:11-13)..
Sabemos que o principal mandamento que temos de Deus – dado pelo Seu proprio Filho, aquando do Seu ministério terrestre – é que amemos a Deus de Todo o coração (Mateus 22:37s), portanto, de nossa livre vontade. Sabemos, através da parabola do filho pródigo (Lucas 15:11-32), que Deus não interfere com o nosso livre arbítrio..

ora..
primeiro, deixámos de mostrar Deus às crianças.. deixou-se de ler a Bíblia na escola.. deixou-se de orar na escola.. a certa altura começámos a acreditar que que não deveríamos tocar nos filhos quando eles se comportassem mal, porque as suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima..

fomos mais longe ainda e dissémos que já que os pais não podiam, os professores também não poderiam tocar nos alunos!
Noutros temas, começámos a banalizar o sexo, e a torna-lo um divertimento leviano.. para os que objectavam que poderia provocar gravidezes indesejadas, inventámos a pilula.. para aqueles retrógados que diziam que havia doenças que se podiam transmitir por via sexual, inventámos o preservativo.. e chegámos mesmo ao ponto de os distribuir gratuitamente entre os nossos jovens para que se possam divertir à vontade e sem medo!
Mais recentemente achamos por bem, já que por vezes as coisas correm mal (nós somos humanos, por vezes erramos, ou já se esqueceram?) decidimos que as nossas jovens podem simplesmente abortar “porque sim”.. Queremos educação sexual nas escolas.. Para quê? querem aprender acerca dos aspectos biológicos? eu aprendi isso em biologia.. ou em ciências.. querem falar do aspecto ético ou moral? para quê, se nem sequer aulas de moral queremos? querem saber métodos seguros para evitar ISTs? a Biblia ensina um em 2 Timóteo 2:22.. querem um meio infalivel de evitar um bébé a chorar ao vosso colo enquanto ainda andam na escola? Leiam 1 Coríntios 6:18

O método que usamos actualmente para educar os nossos filhos é facilitar… facilitar tudo..
ele quer? dá-se-lhe…
ele faz asneiras? rimo-nos e limpamos o que se sujou..
ele diz palavrões, apesar de só ter três anos de idade? oh… tão querido.. até já sabe algumas palavras grandes…
ele meteu-se em confrontos físicos na escola? Defendemo-lo acerrimamente.. os outros é que têm sempre má-vontade contra ele..

depois o nosso filho cresce..

e admiramo-nos que ele não distinga o bem do mal.. que ele ache que tudo lhe tem que vir gratuitamente, sem ele ter que se esforçar para isso… admiramo-nos quando ele é mal-educado, e violento…
E aí, aí sim, vamos dizer “Oh Deus porque permitiste isto?

“Educai as crianças, e não será preciso disciplinar os homens”
Pitágoras

3 Respostas to “Sim, culpemos a Deus..”

  1. Leonardo said

    É, e mesmo os cristãos acreditam que o “homem é pecador”, e sempre se justificam nisso quando cometem algum delito, esquecendo do arrependimento, e que Cristo morreu pra isso.
    Ser uma pessoa sem pecados, e arrependida é uma coisa impossível, mas ganhar uma “fortuna” em nome de Jesus não é.

  2. Mikha'el said

    Ola, Leonardo..
    Em primeiro lugar, de que “cristãos” exactamente está a falar?
    Em segundo lugar, sim, acredito que o homem é pecador.. acho que isso é bem visivel, e cada vez mais nos dias de hoje.. o homem é fraco e facilmente corruptivel..
    Mas não.. não uso isso como justificação para as minhas falhas.. sei que sou eu que falho.. apenas não posso fazer nada quanto a isso, excepto tentar pecar o minimo possivel.. Se conhecer a história da Salvação perceberá porquê..
    Sim, é impossivel ser uma pessoa sem pecado, mas é possivel ser uma pessoa arrependida..
    Deus não nos perdoa por nos arrependermos, mas nos arrependemo-nos porque já estamos perdoados.. se conseguirmos aceitar isso, é facil..
    Amigo.. Normalmente, as “fortunas” (sim, exactamente escritas entre aspas, como tão acertadamente colocou) ganham-se facilmente por métodos não muito éticos..
    Por isso, infelizmente, é uma maneira de algumas pessoas sem escrupulos se aproveitarem..
    O Senhor Jesus Cristo não vem cá abaixo dizer: Este está certo, e Este está errado.. e ainda bem que não..
    mas há boas notícias.. essas pessoas só se aproveitam das pessoas que deixam..

    Que o Senhor o abençoe..

  3. murkiness said

    murkiness says : I absolutely agree with this !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: